Modalidade de visto temporário aplicável ao estrangeiro que venha ao Brasil para a participação de treinamento profissional junto à filial, subsidiária ou matriz brasileira de mesmo grupo econômico da empresa estrangeira.

Principais requisitos

1. comprovação do vínculo entre a subsidiária, filial ou matriz brasileira e a empresa estrangeira.
2. comprovação de vínculo empregatício mantido entre o estrangeiro e a empresa estrangeira de mesmo grupo econômico da subsidiária ou matriz brasileira (chamante).
3. justificativa sobre a necessidade do treinamento a ser realizado com o estrangeiro no Brasil.
4. declaração de que o pagamento do salário continuará sendo feito pela empresa estrangeira.

Peculiaridades

1. Nessa situação o estrangeiro continua sendo funcionário da empresa estrangeira, não podendo, portanto, receber remuneração pela empresa brasileira.
2. O estrangeiro portador desse visto passa a ser residente fiscal após 183 dias (consecutivos ou não) fisicamente presentes no Brasil, contados dentro do intervalo de 12 meses.

Dependentes

Será concedido o visto, independentemente de proposta de trabalho, nos termos autorizados pelo Ministério do Trabalho e Previdência Social.

Para o Exterior

Procedimento a ser analisado de acordo com a legislação aplicável para o País indicado.

Validade

Até um ano

Prorrogação

Não poderá ser prorrogado