Modalidade de visto permanente aplicável ao estrangeiro que pretende fixar-se no Brasil com a finalidade de investir recursos próprios de origem externa em empresa brasileira nova ou já existente.

Principais Requisitos

1. Investimento realizado de, no mínimo, R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais);
2. Apresentação de Plano de Investimento que deverá prever geração de emprego e renda no Brasil e estabelecer claramente a utilização dos recursos investidos.
3. Outra possibilidade é quando o valor investimento estiver abaixo de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), e desde que não seja inferior a R$ 150.0000,00 (cento e cinquenta mil reais), para o empreendedor que pretenda fixar-se no Brasil com o propósito de investir em atividade de inovação, de pesquisa básica ou aplicada, de caráter científico ou tecnológico; e
4. Apresentação de Plano de Investimento que deverá estabelecer claramente a utilização dos recursos investidos.

Peculiaridades

1. Na apreciação do pedido, o Ministério do Trabalho analisará prioritariamente o interesse social, caracterizado pela geração de emprego e renda no Brasil, pelo aumento de produtividade, pela assimilação de tecnologia e pela captação de recursos para setores específicos.
2. Importante destacar que, sempre que entender cabível, a Polícia Federal poderá efetuar diligências in loco, para a constatação da existência física da empresa e as atividades que vem exercendo.
3. No final desse período, o estrangeiro poderá renovar o status de residente por meio da troca da cédula de identidade de estrangeiro – CIE na Polícia Federal, comprovando o cumprimento do Plano de Investimento apresentado.

Dependentes

Esse tipo de visto pode ser estendido aos dependentes de seu titular, que não sofrem restrição para trabalhar no Brasil.

Validade

Até três anos

Prorrogação

Poderá ser transformado em permanente desvinculado