Passeio em São Paulo: 9 dicas de roteiros culturais para estrangeiros na cidade

Passeio em São Paulo

São Paulo é o centro econômico do Brasil e a capital cultural da América Latina. A gastronomia, por exemplo, é composta pela união de mais de 70 nacionalidades. Em outras palavras, trata-se um destino tipicamente brasileiro, mas absolutamente global.

Confira, a seguir, os pontos que não devem ficar de fora de um passeio em São Paulo:

1. Avenida Paulista

O cartão-postal da cidade expressa o lema da cidade que não para. São 2,7 quilômetros com diversas atrações, entre parques e centros culturais e de entretenimento.

Além do comércio para os mais variados gostos e bolsos, as opções de restaurantes são praticamente infinitas. E a locomoção pela área é bastante diversa: o transporte pode ser feito a pé, de bicicleta, de carro, de ônibus, de metrô e até de helicóptero!

A arquitetura de prédios históricos contrasta com a dos novos, além do verde que invade o concreto.

Vale a pena conhecer o Parque Tenente Siqueira Campos. Aos domingos e feriados, a avenida é ocupada por pedestres e por atrações culturais. Nesses dias, os trajes sociais são substituídos por roupas esportivas e de passeio.

2. Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) é um dos pontos turísticos mais famosos, pois conta a história e cultura paulista, além de ser considerado o mais importante museu de arte do hemisfério sul.

O seu rico acervo de 8 mil peças têm nomes importantes, como:

  • Cézanne;
  • Delacroix;
  • Monet;
  • Rafael Bellini;
  • Ticiano;
  • van Gogh.

A maioria das peças pertence à arte ocidental, do século Ⅳ a.C. aos dias de hoje.

3. Parque Ibirapuera

O mais importante parque urbano de São Paulo tem 1,5 milhão de metros quadrados divididos entre lagos e jardins, esculturas e monumentos, opções culturais e educativas.

Além de ser ideal para a prática de esportes — como corrida, ciclismo e caminhada —, é possível aproveitar o espaço para convivência, piqueniques, leitura de um livro e admiração da paisagem. Ele também possui playgrounds para as crianças.

Além do verde, é possível aproveitar o Museu Afro Brasil, que mostra as origens africanas na construção da sociedade brasileira. Fora ele, há:

  • a Escola de Astrofísica;
  • a Fundação Bienal;
  • a oca;
  • o Bosque da Leitura;
  • o Museu de Arte Contemporânea;
  • o Museu de Arte Moderna;
  • o Pavilhão das Culturas Brasileiras;
  • o planetário;
  • e o auditório, que costuma receber eventos.

4. Vila Madalena

Eis um dos bairros mais badalados e charmosos de São Paulo. Arte, bares e restaurantes são as suas principais atrações.

É um dos poucos lugares da cidade com estabelecimentos que funcionam depois das 2 da manhã. O Filial, por exemplo, recebe os clientes até as 4h (quando há movimento, as portas se mantêm abertas até as 5h).

A culinária dispõe de restaurantes argentino, espanhol, marroquino, libanês e alemão.

Quem acha que São Paulo está longe do mar é porque não conhece a Peixaria Bar e Venda, um raro lugar da cidade onde você escolhe o peixe fresco na vitrine e degusta empadinha de siri e pastel de polvo sentado em cadeiras de praia.

Se estiver na cidade em agosto, você não pode perder a Feira de Artes da Vila Madalena, com mais de 800 barracas de comida e de artesanato, além de shows.

A arte fica por conta das galerias, dos estúdios, das lojas de design e dos muros coloridos — como os do famoso Beco do Batman, uma rua estreita de paralelepípedos com exposição de grafite a céu aberto (com sorte, você encontra um grafite sendo feito na hora!).

5. Mercado Municipal

O Mercado Municipal é praticamente uma aula de História da Arte. Inaugurado em 1933, a sua construção é assinada pelo arquiteto e engenheiro Ramos de Azevedo, responsável por belos edifícios como:

  • a Pinacoteca;
  • o Palácio das Indústrias;
  • o Theatro Municipal;
  • os Correios.

As colunas têm os estilos gregos dórico e jônico. A iluminação natural fica mais bela devido às clarabóias, às telhas de vidros e aos 32 painéis subdivididos em 72 vitrais do artista russo Conrado Sorgenicht Filho.

Os mais de 290 boxes vendem, dentre uma infinidade de produtos:

  • carnes;
  • cereais;
  • frios;
  • frutas exóticas;
  • legumes;
  • peixes;
  • queijos;
  • temperos;
  • vinhos.

Dois itens obrigatórios na visita são o sanduíche de mortadela e o pastel de bacalhau, que já são pratos típicos da cidade.

Por ali também há apresentações musicais e culturais com certa frequência.

6. Centro histórico

Para quem gosta de história, arquitetura e fotografia, o passeio pelo centro é ideal. O cenário a céu aberto encanta o olhar.

Começando pela Catedral da Sé, considerada um dos 5 maiores templos neogóticos do mundo. Em frente ao edifício há o Marco Zero, monumento de mármore em formato hexagonal que permite a visualização das estradas que levam a outros estados.

Outra parada importante é no Pateo do Collegio, sítio arqueológico onde foi levantada a 1ª construção da atual cidade. Ele foi construído a pedido de Portugal e da Companhia de Jesus para fins de catequização de indígenas, é o berço da cidade e abriga o Museu Anchieta e a Biblioteca Padre Antônio Vieira.

Um monumento que carrega história e beleza é a Estação da Luz, construída em 1867, ao mesmo tempo em que a 1ª estrada de ferro, sob a direção do Barão de Mauá. Foi demolida e reinaugurada em 1901. O projeto arquitetônico é do inglês Charles Henry Driver, com estilo neoclássico, e todos os materiais de construção foram trazidos da Inglaterra.

Seguindo o tour, há o Mosteiro de São Bento, com estilo neorromântico e mais de 400 anos de fundação. A Pinacoteca de São Paulo e o belíssimo Theatro Municipal são espetáculos à parte e merecem o seu espaço no roteiro.

Para completar, o Edifício Altino Arantes (antigo Banespa) oferece uma vista incrível da cidade. Ele foi inspirado no Empire State Building, de Nova York.

7. Estádios e Museu do Futebol

Vir ao Brasil e não ver futebol é como não ter feito a viagem. Então, confira os jogos do período em que estiver viajando e assista a uma partida.

Estádios como Morumbi, Allianz Parque e Arena Corinthians sempre estão recebendo jogos. Caso não dê sorte de ter campeonato na época da viagem, uma boa opção é o Museu do Futebol, localizado no Estádio Pacaembu.

O objetivo do museu é explicar a relação do esporte com a arte, contar a história das Copas do Mundo e mostrar o impacto do esporte na vida das pessoas, sejam elas profissionais de futebol ou não.

A partir de experiências sonoras e visuais, o visitante tem acesso a uma sequência de informações sobre o esporte e a sua relação com a vida dos brasileiros no século XX.

8. Bairro da Liberdade

A cultura oriental também está presente em São Paulo, mais precisamente no Bairro da Liberdade. Desde 1912, o local é reduto da cultura nipônica e possui uma das maiores comunidades japonesas do país.

Há diversos restaurantes com pratos típicos, e é possível assistir à preparação dos pratos ao vivo, em uma espécie de cozinha-vitrine. Aos sábados e aos domingos, o bairro recebe uma feira com pratos chineses e japoneses com valores acessíveis.

9. Ruas 25 de Março e Oscar Freire

Quem conhece São Paulo certamente vai querer levar uma lembrança do lugar. Você pode optar por comprar itens mais baratos ou de luxo.

Para quem deseja gastar menos e levar mais, a melhor opção é a famosa Rua 25 de Março, um dos maiores centros de compras populares do mundo. Há:

  • acessórios para a casa;
  • itens de tecnologia;
  • lembranças da cidade;
  • produtos infantis;
  • e vestuário e calçados.

Já para quem deseja itens de grife, o destino é a Rua Oscar Freire, um grande shopping a céu aberto. Entre as lojas estão Diesel, Animale e Calvin Klein. Requinte e luxo semelhantes à 5ª Avenida, de Nova York.

Durante o seu passeio em São Paulo, experimente, ainda, ver a cidade no Copan, no Edifício Martinelli, no Viaduto do Chá e no restaurante Terraço Itália, que é belo tanto de dia quanto à noite.

A BR-Visa com sua BR-Relocation está preparada para auxiliar você e sua empresa em qualquer processo de acomodação do estrangeiro e sua família. Veja nossa landing page (clique aqui) para entender todos os serviços que oferecemos nessa área!

Gostou desse roteiro? Então compartilhe-o nas suas redes sociais!